Como Emagrecer

Dieta Low Carb! Veja o que Você Precisa Saber Antes de Fazê-la Errada

Sabedoria do Emagrecimento
Escrito por Sabedoria do Emagrecimento em 15 de fevereiro de 2019
Dieta Low Carb! Veja o que Você Precisa Saber Antes de Fazê-la Errada
Junte-se a mais de 1.831 pessoas

Faça parte do grupo Vip com +1831 pessoas que descobriram o que está mudando a forma de emagrecer.

Você já tentou vários tipos de dieta, mas está com dificuldades para cortar as calorias do prato? Então, eu já estive no seu lugar, e achei a solução na Dieta Low Carb!

Sim, eu sei que não é fácil. Porque principalmente com a rotina corrida da maioria das pessoas hoje em dia, preparar aquela receita saudável de qualidade pode ser desafiador. Ainda mais se você é acostumada a comer fora.

Mas não se preocupe! Pois existe uma dieta de qualidade, que pode revolucionar a maneira pela qual você se relaciona com a comida. Porque depois que conheci a dieta Low Carb, eu pude selecionar os ingredientes de todas as minhas refeições com facilidade e sem peso na consciência.

E aí, o que você acha de experimentar? Então acompanhe o conteúdo que eu separei sobre essa incrível técnica para perder peso e garanta o seu progresso em pouco tempo!

Afinal, o que é dieta Low Carb?

Mulher pensando que é a dieta low carb.

A dieta Low Carb (Wikipedia) é uma estratégia que visa o emagrecimento duradouro. Porque através dos seus princípios, ela combate o acúmulo de peso e como o famoso efeito sanfona, que é inimigo de grande parte das mulheres em dieta.

De acordo com o método, a maneira mais simples para emagrecer com resultados eficientes é a dosagem de carboidratos na alimentação. É por isso que a dieta Low Carb consiste no controle da quantidade de gorduras em todas as refeições.

Então o segredo para conseguir ter sucesso nessa técnica é dosar os carboidratos e, como consequência, aumentar o consumo de proteínas e gorduras naturais.

Pois você possui altas chances de consumir mais carboidratos do que é indicado. Porque em uma dieta regular, cerca de 50% das refeições possuem esse componente. E já a dieta Low Carb propõe que o consumo caia para 30% ou até 20%.

Aqui, vale ainda pontuar uma questão que deixa muita gente confusa. Na técnica, você não deve cortar todos os carboidratos. Pois vale notar que até mesmo as gorduras saturadas devem ser consumidas. Então a ideia é apostar em moderação!

Como funciona a dieta Low Carb?

Prato da dieta low carb.

A dieta Low Carb é baseada em alguns princípios importantes. Porque quando consumimos muitos carboidratos, a secreção de insulina é estimulada.

E esse hormônio é especialmente problemático para quem quer emagrecer com saúde. Isso ocorre, pois altas quantidades de insulina estimulam um elevado armazenamento de gordura no corpo.

Como consequência, você não consegue queimar os carboidratos que consumiu. E o efeito disso você já deve conhecer: sensação de inchaço e aquela ideia de impossibilidade de emagrecer.

Ok, e o que vai garantir o efeito dos carboidratos? Porque afinal, precisamos de energia para realizar toda e qualquer atividade do cotidiano.

Para não ficar com uma deficiência metabólica, você precisa então investir minimamente nos carboidratos. Como mencionamos, uma boa ideia é utilizar gordura natural.

Porque esse tipo de gordura não prejudica o organismo, não estimula o aparecimento de doenças e ainda proporciona a energia que o seu organismo precisa.

Quem pode fazer a dieta low carb?

Multidão de pessoas.

A dieta Low Carb é segura para a grande maioria das pessoas que estão acima do peso. E inclusive, ela também é recomendada por muitos especialistas como uma estratégia de sucesso!

Minha dica aqui é investir na dieta principalmente se você é uma daquelas pessoas mais impulsivas, que está com dificuldades para controlar a quantidade de carboidratos.

E como saber se eu estou consumindo uma maior quantidade do que o recomendado? Você tem duas saídas: contar os valores de cada refeição ou verificar os resultados de sua dieta atual.

Se você já fez de tudo e tentou vários métodos sem sucesso, então é altamente provável que exista um problema com a quantidade de carboidratos. Nesse caso, é importante tentar começar a dieta Low Carb e esperar pelo progresso.

Se você é gestante, deve então ficar longe da modalidade de emagrecimento. É importante esperar até o período após a lactação.

Além disso, vale destacar também que os idosos, adolescentes e as crianças não podem pegar pesado na Low Carb.

3 Benefícios incríveis da dieta Low Carb para você

Alguns benefícios da dieta Low Carb são conhecidos e amplamente discutidos. Então acompanhe os principais deles abaixo:

1. Sensação de saciedade

Barriga saciada.

Sabe aquela vontade de comer fora de hora que não sai da sua companhia? Vou te contar um segredo. Ela é completamente normal, ainda mais em especial se você está se acostumando com uma dieta nova!

O importante é só não dar ouvidos a essa vontade que fica martelando na cabeça o dia todo. E para tornar a tarefa ainda mais simples, é possível apostar em alimentos que estimulam a sensação de saciedade.

Praticamente todos os principais ingredientes da dieta Low Carb possuem essa função. Então assim, você evita sentir fome, inclusive, porque o método não envolve um jejum intermitente.

A alimentação a partir da dieta Low Carb permite aguentar a fome por algumas horas a mais. Assim você não investe em gorduras saturadas, que produzem energia e acabam com ela rapidamente.

2. Excelentes ingredientes para a saúde

Ingredientes da dieta low carb.

Um dos maiores benefícios da dieta Low Carb tem relação com a saúde e a possibilidade de contrair doenças perigosas.

Por meio da alimentação balanceada, as suas chances de ter pressão alta, por exemplo, diminuem consideravelmente. Afinal, não é permitido fazer refeições à base de alimentos industrializados.

E a composição desses alimentos, que contam com vários conservantes e com altas quantidades de sódio, são perigosas à saúde, especialmente para pessoas com idade mais elevada.

Então com a diminuição da pressão, as chances de problemas cardíacos também diminuem. Além de que o Infarto, AVC, derrame ou qualquer outro acidente grave ficará cada vez mais distante se você realizar a dieta.

Mais uma vez, é importante ainda pontuar que o efeito esperado só ocorre se você não exagerar na intensidade do método. O carboidrato precisa ser apenas controlado e é necessário se alimentar várias vezes ao dia.

3. Emagrecimento duradouro

Mulher magra.

Você já deve ter ouvido falar do efeito sanfona. Ele acaba com a paz de muita gente que acabou de emagrecer por ver a gordura se acumulando novamente.

E aí, o que acontece de errado? Existem várias justificativas, que inclusive podem estar relacionadas ao metabolismo de cada um. Entretanto, é bastante provável que o seu organismo simplesmente esteja desacostumado ao ritmo da dieta, ou que você volte a um padrão prejudicial de alimentação.

Sendo assim, a dieta Low Carb não permite a ocorrência desses desfechos. Então, ao preparar os cardápios e apostar em alimentação controlada, você está reeducando os seus hábitos alimentares.

Como essa é uma técnica acessível, a tendência é prosseguir com o padrão alimentar. 

Como construir o cardápio Low Carb perfeito?

Cardápio da dieta low carb.

Para programar a sua alimentação todos os dias, é indispensável apostar em um cardápio completo. Então a dica para você é selecionar alguns dos ingredientes mais utilizados na perda de peso e montar receitas incríveis.

Vamos lá! O que eu posso comer para seguir as regras da dieta Low Carb? É interessante apostar em alimentos como:

  • Gorduras boas: azeite de oliva, coco, amêndoas, óleo de peixe;
  • Carnes: carne de boi, frango e peixe;
  • Laticínios: iogurte light, queijo cottage, queijo frescal, manteiga light;
  • Frutas de todos os tipos;
  • Legumes e verduras;
  • Bebidas: sucos naturais, café, chás emagrecedores;
  • Castanhas e similares: castanha de caju, nozes, amendoim, linhaça.

É interessante ficar longe de carnes pesadas, como alguns cortes de carne de boi e a maioria das carnes de porco. Você ainda deve evitar, por exemplo, farinha de trigo e de mandioca, aveia, milho, leite, feijão, lentilha e demais ingredientes com alto valor calórico.

Já os industrializados e refrigerantes são expressamente proibidos. Então o ideal é apostar em refeições naturais e caseiras.

Conclusão: Agora é com você!

Exemplo de refeição da dieta low carb.

Para se dar bem na dieta Low Carb, existem alguns alimentos que precisam ser utilizados estrategicamente em vários momentos. Pois eles funcionam como um trunfo na hora de preparar refeições ou até fazer um lanchinho da tarde.

Para completar a sua dieta e garantir resultados, não deixe de acessar nosso artigo sobre “5 alimentos para perder peso rápido”. Então Clique aqui e conheça os ingredientes de ouro que utilizei para emagrecer com facilidade.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A fim de prover mais velocidade e performance no carregamento das páginas, este site faz o uso de cookies sobre os visitantes para oferecer uma melhor experiência para você.
Voltar ao Topo